BECAUSE LEARNING IS VERY GOOD!

Nessa fase, a linguagem e a comunicação são as habilidades que mais se desenvolvem. Estudos recentes mostram que quanto mais cedo uma criança começa a aprender uma segunda língua, mais facilidade ela terá nessa aprendizagem. Além disso, a educação bilíngue estimula as múltiplas inteligências e propicia maior habilidade para lidar simultaneamente com diferentes situações. Temos um completo e consistente programa de alfabetização em Português e Inglês, solidificado pela capacitação dos professores, material importado, instalações seguras e contato com a natureza.A THE JOY SCHOOL organizou seu projeto pedagógico de modo que seus alunos desenvolvam a capacidade de se expressar na oralidade e na escrita, em dois idiomas. A criança começa a compreender a nova língua de maneira prazerosa e motivadora, por meio de brincadeiras, músicas, jogos e atividades desenvolvidas sob a orientação do MEC.Nossa filosofia educacional baseia-se no Brincar, Aprender e Crescer Juntos!A escola bilíngue é uma escola brasileira, que segue o calendário e currículo nacionais, com uma proposta de ensino nas duas línguas. Desta forma, as crianças estarão aprendendo a pensar em Inglês e não somente traduzir palavras, o que facilitará a fluência da segunda língua.

  • O USO DE UMA SEGUNDA LÍNGUA CONFUNDE A CRIANÇA?

Não. Quando um bebê nasce, ele ainda não compreende o que lhe é dito, mas aos poucos entende o vocabulário, repete algumas palavras e pequenas sentenças, mistura palavras conhecidas com algumas inventadas, até que seu vocabulário seja suficiente para a comunicação convencional.O mesmo acontece com o Inglês, primeiro a criança compreende o que fala, repete palavras e sentenças simples misturando-as com a língua materna, até ter condições de se expressar com tranquilidade em qualquer uma das duas línguas. A criança sabe diferenciar quando e com quem falar cada língua.

  • O QUE ACONTECE COM O PORTUGUÊS NA EDUCAÇÃO INFANTIL?

O Português se desenvolverá constantemente, pois estará sempre presente em casa com os familiares, na televisão, na rua e outros ambientes que os alunos frequentam diariamente. Além disso, o processo de pré-alfabetização é realizado em Português, respeitando o currículo brasileiro.

  • OS PAIS PRECISAM FALAR INGLÊS EM CASA?

Não. Entretanto, se os responsáveis têm conhecimento da língua, podem se comunicar com a criança sem constrangimento, ainda que a pronúncia não seja perfeita. Na escola, ela estará em contato com bons modelos de linguagem, o que garantirá o aprendizado e a pronúncia corretos.Ao fazer perguntas às crianças, mostrar interesse e envolver-se no que elas estão aprendendo, os pais estarão ajudando, e muito! Entretanto, não devem exigir demais e nem cobrar das crianças o que elas sabem na segunda língua. Cada criança tem seu próprio ritmo e formas de aprender, por isso não se devem fazer comparações com as outras crianças.